Tag Archives: Blogging

14.10.10 – Ainda em turnê

10 out

A turnê de Afterworlds está quase terminada, exceto pela minha visita a Toronto, Canada, e YallFest in Charleston, SC. (Veja minha Página de Aparições para mais detalhes.)

Para o resto de vocês, aqui estão algumas fotos divertidas da turnê.

Isso é evidência de uma leitura estudiosa:

studiousreader

Aqui está como é a aparência de uma audiência quando você está dando uma apresentação. De forma nenhuma, intimidante!
PandPaudience

Esta qui foi tirada para meu futuro Tumblr, IndieBookstoreBathrooms:
IMG_3948

E sempre ótimo ver tatuagens de Midnighters:
MidTat

Holly Black e Cassandra Clare também estavam em turnê na mesma época, então deixaram recados amigáveis pra mim e pra Justine em várias livrarias:
HollyCassienote

E sempre legal ver um nome em luzes.
nameinlights

Diferente do bolo, o pequeno pão não é uma mentira.
shortbread

E em St. Louis, eu pude estar em minhas próprias capas. FINALMENTE.
covershoot

Enfim isso é uma mera fração de todas as coisas legais que aconteceram. Obrigado a todos que vieram para comprar livros e rir das minhas piadas. Você são todos maravilhosos.

13.07.30 – Minha viagem aos EUA

30 jul

Justine e eu passamos as últimas seis semanas viajado nos EUA, que o motivo de não ter havido posts aqui. Minhas desculpas! Percebo que esse não tem sido um ano muito bom de blog para mim, mas tem sido um ano de escrita, e qual desses vocês preferem ter, sério?

Deixe-me levá-los em um show de slides de várias coisas que fiz nos EUA:

Logo que eu cheguei, fui recebido pela visão da minha última publicação nas prateleiras das livrarias. É uma coletania de redações chamada Breakfast on Mars [Café da manhã em Marte], editada por Rebecca Stern e Brad Wolfe. Basicamente, é um monte de escritores de YA assumindo as temerosas redações, a forma de escrita menos querida pelos adolescentes.

Minha redação, por motivos que você pode adivinhar, é sobre ilustrações em livros.

IMG_2029

Se você é um professor ou bibliotecário, ou alguém interessado em escrita não-fictícia, você deve dar uma olhada. Se quer saber minha opinião, Stern (um ex-professor de inglês da quinta série) e Wolfe ajudaram a preencher um grande buraco no mundo dos YA e os trabalhos de escola.

A próxima coisa legal a acontecer na minha viagem foi Manhattan Henge, um evento astronômico que acontece duas vezes anualmente no qual o pôr do sol se junta com a metade da rua de Manhattan. Se parece assim:

IMG_2045

O que as pessoas velhas que construíram Manhattan estavam tentando nos dizer sobre 28 de Maio e 12 de Julho? Podemos nunca saber.

A terceira coisa que fiz foi ter um jantar incrível com os respeitados cidadãos particulares Maureen Johnson e o companheiro inglês dela, Oscar Gingersnort. Foi na Rua 11 Madison, e incluiu pratos louquíssimos como este:

IMG_2090

Os pratos foram muitos e maravilhosos, e nos deram a oportunidade de planejar a destruição de todos os outros autores de YA o que fazer na Leaky Con ano que vem.

Em seguida, tive um reunião com meus excelentes editores sobre como comercializar meu próximo livro, Afterworlds. As ideias foram variadas e incríveis e serão reveladas em seu devido tempo. Mal posso esperar para ver o que vocês acharão deste livro, que tem sido três anos de escrita. (Porque na verdade são dois livros em um.)

Afterworlds será lançado no final do ano que vem, provavelmente dia 28 de Outubro. (Esta data é uma dica ao assunto principal do livro! Pense em torno disso, cérebros fanáticos!)

Um dos meus outros projetos para esta viagem foi começar a juntar meus “papéis,” todos os restos editoriais, artísticos e de negócios que coletei durante as ultimas duas décadas. Irei doá-los para um instituto ainda não determinado de ensino superior como fuga de enormes impostos benefício de futuros estudiosos.

O primeiro passo foi coletar exatamente uma primeira impressão de cada uma de minhas edições estrangeiras, um projeto, que mesmo em seus estágios iniciais, comeu o chão da minha sala de estar:

IMG_2137

Também encontrei meu primeiríssimo romance (incompleto), a página menos constrangedora dele é esta:

IMG_2143

E isso é tudo que vocês verão desse romance, a menos que você viaje ao instituto ainda não determinado de ensino superior pessoalmente. (estará na caixa com um grande cadeado encrustado com veneno de mero contato.)

Eu acabei de perceber que este pedaço de juventude se chama Keeps, só uma letra de distância de um romance meu um pouco mais recente (e menos estarrecedor) [Peeps, lançado no Brasil como Os Primeiros Dias]. Me pergunto o que as pessoas antigas que me fizeram virar um escritor estavam tentando nos dizer sobre  as letras “-eeps.”

Na metade de Julho, Justine e eu também tivemos um grande prazer de lecionar no Alpha, uma workshop residencial de escrita de ficção científica, fantasia e horror para adolescentes (basicamente, uma campo de escrita de semana e meia de duração). Os jovens escritores e a equipe de lá eram inteligentes, comprometidos e tremendamente estilosos, como você pode ver aqui:

IMG_2159

Nós nos divertimos muito. A sagacidade dos alunos me fez pensar que daremos mais licenciatura deste tipo no futuro. Fique de olho aqui para mais detalhes.

Além disso, houve uma torre de waffle. Eu tenho uma prova:

IMG_2163

De lá, viajei em direção à San Diego Comic Con, o maior festival nerd do nosso tempo. Lá eu tive diversas e maravilhosas reuniões de negócios, das quais vocês verão os frutos logo por aqui. Além disso, várias fantasias foram testemunhadas. A melhor das quais foi um chapéu de Tubarãonado [Tubarão+Tornado]:IMG_2187

Eu também gostei deste caçador de dinossauros steampunk sem camisa (baseado no quadrinho do Greg Broadmoor, eu acho):

IMG_2203

Também testemunhei o avanço do capitalismo voltado diretamente ao dólar nerd, como esses roupões de banho:

IMG_2177

E essas leggings:

IMG_2178

Então deixe-me entender direito. Esses são leggings temáticas de Doctor Who no estilo de van Gogh. Nas palavras de Tally Youngblood, não é demais para uma coisa? (Não. Provavelmente é pouco para uma coisa. E, sim, eu sei da referência da série. [Teve um episódio que van Gogh apareceu])

Após a SDCC, Justine e eu passamos uma semana em LA, onde várias reuniões foram tidas. Algumas das quais, será assunto do meu próximo post Mas não, não há notícias frescas do filme como consequência. A comum opção de filme está de pé, mas o pé em questão está se movendo lentamente. Desculpe desapontar vocês. A roda de Hollywood gira lentamente, mas está bem firme. (Na verdade, não. Geralmente está bem instável. Mas com certeza levanta-se em direção de Feios e Leviatã. Nós veremos.)

______

Okay, mais sobre a viagem em uma semana ou algo assim. Estarei bloggando com mais frequência, porque estou quase terminando Afterworlds. Obrigado a todos que ficaram por perto e deram vida à seção de comentarios enquanto estive escrevendo.

Caio por enquanto.

12.12.17 – Raios e Trovões

18 dez

Há quanto tempo, não nos vemos. Tipo, mais do que o normal.

Acontece que não postei durante toda as seis semanas que estive viajando para St Louis, Las Vegas, Nova York e América do Sul. Foi uma viagem super incrível e exaustiva. Mas desculpe deixá-los de lado.

Felizmente, todos se divertiram, e foi tudo bem documentado, então há um monte de fotos legais e vídeos para compartilhar com vocês. Alerta Spoiler: os fãs Brasileiros são incríveis.

Nesse exato momento, entretanto, estou morto pelo fuso horário, e compartilharei com vocês apenas uma coisa maneira.

No nosso voo do Rio de Janeiro, Brasil para Santiago, Chile, Justine me chamou e aponto para a janela. (Ela gosta de sentar na janela e eu gosto do corredor. Há um casamento melhor?) Do lado de fora, em alguém lugar pela Argentina, havia uma grande bigorna de nuvens, sua estrutura foi revelada pelos raios explodindo e caindo nela.

Foi uma coisa muito grande e violenta, especialmente da frágil vantagem da máquina voadora. Mas qualquer nervosismo foi totalmente superado pela temor foda de moda.

A câmera do meu iPad conseguiu capturar uma fração de como foi:

Bem intenso, certo? Vá olhar no Youtube para ver maior.

Mais coisas legais em breve. Promezo!

12.09.13 – Os Adolescentes e as Distopias

13 set

Desculpe, tenho postado menos. Doença é uma droga. Mas por favor, aproveite este ensaio que escrevi para o BookForum Edição Distopia lá no verão de 2010. Algumas coisas nele está fora de época, obviamente, mas a ideia básica parece bem a mesma para mim.

dotted line

Os Adolescentes e as Distopias

Distopias literárias surgem nos extremos do controle social; a tirania excessiva do governo, o caos de tão pouco. Cada 1984 ou Fahrenheit 451 é balanceado por um Mad Max ou A Laranja Mecânica. Ou para simplificar, a literatura distópica é como um ensino médio: uma oscilação entre extremos de restrição.

Adolescentes, é claro, leem romances distópicos em vasto número. (Conformo escrevo, a distopia pós-apocalíptica ditatória de Suzanne Collins, Jogos Vorazes, chegou à octogésima primeira semana no topo da lista do NY Times.) Isso não deveria surpreender ninguém. Dentro das paredes das escolas, os estudantes tem as expectativas de privacidade reduzidas por uma lei (New Kersey v. TLO, 1980), nenhuma liberdade de impressa (Hazelwood v. Kuhlmeier, 1983), e suas realidades diárias incluem restrições de vestimenta, levantar e sente ao comando de campainhas, e um crescente montante de vigilância eletrônica. Mas alguns passos distante dessas submissões estilo 1984, os mundo juvenil se torna Mad Max — tribos guerreiras, direção perigosa e cortes de cabelos infelizes.

A vida dos adolescentes são definidas por regras, e em resposta eles constroem suas identidades através de confrontos com a autoridade, grandes ou pequenos. Tudo isso os deixa altamente interessados em temas de controle.

Continue lendo

11.08.10 – Respostas para as perguntas

10 ago

Boas notícias: os fóruns estão funcionando de novo! Mas você pode ver que a interface não está toda Leviathan mais, o que é triste. Vamos consertar isso, mas veja era mais importante fazê-los voltar a funcionar do que deixá-los buu-nitos.

Isso não está na nossa agenda de manutenção, a propósito, apenas uma explosão tecnológica seguida de algumas atualizações que tínhamos que fazer de qualquer jeito. Desculpe pelos seus sintomas de retirada! Espero que você tenha passado o tempo extra aprendendo francês ou algo tão útil quanto isso.

Okay, agora sobre a perguntas de você! (Todas tiradas da última caixa de comentários.)

Você já sabe para onde vai na turnê de Goliath?

Está quase confirmado. Irei postar as datas em breve! A maioria de vocês vão me odiar, mas é assim que funciona, porque vocês estão em maior número e largamente distribuídos. (Você deveriam, tipo, se reunir todos juntos.)

Pessoas da costa leste certamente ficarão felizes, e algumas pessoas do meio também. Sem planos para fora dos EUA ainda, mas farei algo na Austrália neste próximo verão sulista. (Se você é brasileiro, escreva para meus publicadores e me requisitem! Quero ir aí.)

Continue lendo