Tag Archives: Afterworlds

TRAD – Review de Afterworlds – NYTimes

11 nov

thenytimes-afterworlds

O romance semi-sobrenatural de Scott Westerfeld, “Afterworlds” nos convida a um universo onde escravos responsáveis, pálidos de privação solar, passam dias longos e solitários em uma tarefa cansativa a fim de provar seus valores. O desafio que enfrentam são muitos, e suas chances de sobrevivência, ainda mais de sucesso, são baixas. Apesar desses trabalhadores ocasionalmente se vincularem a outros de seu tipo, eles realmente estão por conta própria, para sempre superando as figuras de autoridade que regularmente despreza as conquistas deles e distribui punições de acordo. Os riscos são altos: se o habitantes desse universo falham, eles serão largados em um buraco negro de obscuridade, a menos que consigam recuperar sua saída, eles vão definhar para sempre.

Eles podem também ser forçados a devolver de volta o dinheiro que já receberam.

Com “Afterworlds,” Westerfeld — talvez mais conhecido como autor da Série Feios — modelou uma narrativa de duas estórias fantásticas, inteligentemente entrelaçadas: a heroína de uma é Lizzie, uma adolescente de ensino médio que sobrevive a um ataque terrorista em um aeroporto se forçando a um lugar cinzento e esfumaçado conhecido como afterworld (pós-mundo). Lá, ela conhece um deus da morte Hindu, Yamaraj, que, nesse mitologia particular inventada, é um carismático pretendente em uma ondulada blusa de seda. A estrela da outra estória do romance é Darcy Patel, uma precoce jovem de 18 anos, que escreveu — e vendeu! — seu próprio romance jovem adulto, chamado “Afterworlds.” Lizzie é, na linguagem dos escritores de ficção, a “protag” de Darcy. Mas Darcy é a protag de sua própria estória, a qual ela adia a universidade e deixa sua casa na Filadélfia para se mudar a Nova York. Lá, ela revisará seu livro pra publicação e tenta desvendar uma continuação. E ela se apaixonará pela primeira vez, por um colega novelista de Y.A. Imogen. Os dois acontecem no apartamento ventilado (e caro demais) de Darcy em Chinatown, trabalhando em reesscrita de dia, provando a seleção mágica de lojas de macarrões da cidade à noite.

“Afterworlds” é essencialmente dois romances de fantasia em um, embora um aconteça no muito real mundo de publicação de Nova York. Westerfeld é habilidoso em uma “caixa de espelhos” de técnicas de construção. Conforme ele detalha a luta de Darcy para escrever “Afterworlds,” o livo terminado toma forma diante dos nossos olhos na alternância de capítulos. Mas antes da metade, um problema aparece através das rachas dessa estrutura: a estória de outro mundo que Darcy inventou para Lizzie não é nem de perto tão apelativa quanto estória do mundo real de Darcy, e ela equivale a metade do livro. O caso amoroso de Lizzie com Yamaraj satisfaz o suficiente, e a descrição da pele sobrenaturalmente “brilhante” é uma adorável metáfora quanto qualquer uma para o radiante amor juvenil. Mas outros elementos do enredo parecem forçados, como a amizade de Lizzie com uma fantasma de 11 anos de idade chamada Mindy, e seu fervor em punir o homem que assassinou a garota, que é claramente uma pedófilo, embora isso nunca seja dito com todas as letras; ele é ferido como um “homem mau.” Isso surge como um tentativa de coletar nojo enquanto mantém uma segura distância disso, por conta da classificação etária indicativa.

Continue lendo a estória principal. Felizmente, os capítulos de Darcy passam de forma rápida clinicamente. Ela é uma personagem enormemente apelativa: filha de imigrantes indianos, ela aprecia a protetividade deles mas está compreensivelmente emocionada por estar se destacando por conta própria. Com sua ética profissional, inocência e inteligencia, ela é como um encontro entre Mary Richards de “The Mary Tyler Moore Show” e Carrie Bradshaw de “Sex and the City” (só que com menos sexo casual).

Quando detalha a rotina do dia a dia de Darcy e seus ataques de insegurança. Westerfeld oferece um vislumbre realístico — pelo meu dinheiro, pelo menos — para dentro do mundo de escrever como profissão. Darcy sua pelos prazos iminentes. Ela se preocupa que os leitores podem se ofender por ela estar usando um deus Hindu “para fins de gostosura Y.A.” Ela teme que seu primeiro livro irá fracassar — ou que será tão bem sucedido que ela não conseguirá produzir outro. Ela colhe conselhos úteis de seus colegas, palavras de sabedoria que escritores mais velhos, da vida real deveriam considerar. Imogen diz a ela que ela “tem o suco” como uma contadora de estórias: “Sentenças belas são legais, mas o suco é o que me faz virar as páginas.”

“Afterworlds” é um livro maravilho para qualquer pessoa jovem co interesse em crescer para ser um escritor. Seu tom está em algum lugar entre “Escrever é mais difícil do que você pensa” e “Shoot for the stars!” E há uma piada astuciosa embutida em suas estórias cruzadas: As chances de se conseguir um grande adiantamento para escrever um romance e YA são minúsculas. Ainda assim, eles têm um probabilidade muito maior do que a de encontrar um adolescente sexy deus da morte após quase ter sido morta por terroristas.

AFTERWORLDS By Scott Westerfeld, 599 páginas. Simon Pulse. US$19.99. (Jovem adulto; de 14 anos para cima)

Stephanie Zacharek é chefe de crítica de filmes no The Village Voice. Uma versão desta resenha aparece impressa em 9 de Novembro, 2014, na página BR33 de Sunday Book Review com o título: The Write Stuff.

Leia o artigo original.

Anúncios

TRAD – Entrevista do Scott Westerfeld no Goodreads

21 set

Nós sabemos mais do que ninguém que o mundo de YA se tornou muito abrangente – existem conferencias de YA, blogueiros, vlogueiros, encontros, grupos, e vários outros modos de participar todo mundo YA além de ler e escrever. O que significa que é uma ótima hora para se ter um livro de YA sobre – o que mais? – YA! Scott Westerfeld é mais conhecido pela Série Feios, o que alfineta nossas obsessões sociais com aparência e fama. Com Afterworlds, ele escreveu um fascinante livro-dentro-de-um-livro, situado no mundo de Nova York dos escritores de YA. Ele segue a escritora estreante Darcy Patel, que pula a universidade quando vende os direitos de publicação do seu livro.

Scott responde suas perguntas sobre seus rituais de escrita, oferece dicas de NaNoWriMo, e fala um pouco sobre a história de fundo de um de seus personagens favoritos de Feios, Zane!

Continue lendo

Booktrailer – Afterworlds (legendado)

8 jun

FOTOS – Bastidores do Trailer de Afterwolds

28 maio

O trailer de AFTERWORLDS será revelado exclusivamente pelo io9 esta Sexta!
Fique atento para o link – enquanto isso, aqui estão algumas fotos dos bastidores para você aguentar os próximos dias. #teasertuesday

http://bit.ly/afterworlds

 

1380450_786049558081127_6979347820989793312_n 10252045_786049238081159_2741091051408792898_n 10341901_786049294747820_2824404068807940046_n 10342814_782319468454136_2844385330136513965_n 10372072_782319381787478_3406620725730830435_n 10380356_782321105120639_8203431328854631652_n 10415661_786049151414501_898621961601991061_n

 

Créditos: Facebook do Scott Westerfeld

Afterworlds Special ARC Cover

16 abr

Como vocês sabem, já revelei a capa de Afterworldstrês posts atrás. Mas também queria mostrar pra vocês a capa especial das cópias de primeiros leitores (ARCs) enviadas a donos de livrarias e outros, sinceramente é meu objeto de divulgação favorito de toda minha carreira:

afterworlds ARC

“Não reconheço nada de mim mesmo ou de algum de meus amigos neste livro. Bem, exceto pelas partes verdadeiras, é claro. E as partes que não são de verdade, certamente PODERIAM ter acontecido. Mas não,não. É tudo mentira.” – John Green, autor de A CULPA É DAS ESTRELAS, Bestselling #1 do New York Times.

“Meu advogado me aconselhou a não comentar este livro.” – Maureen Johnson, 13 PEQUENOS ENVELOPES AZUIS.

“Quem infernos é Scott Westerfeld?” – Shannon Hale, PRINCESS ACADEMY, bestseller do New York Times.

Agora, eu sei que parece a contracapa, mas é a FRENTE, porque as resenhas eram tão engraçadas que os publicitários ficaram tipo, “Coloque-os na frente!” (E sim, eles são realmente hilárias. Obrigado a John, Maureen, and Shannon!)

Além disso, somente 200 cópias deles foram impressas e elas são difíceis de adquirir. Eu mesmo só tenho 3, e você não pode ficar com elas!

Para aqueles de vocês no mercado, haverão mais ARCs com a capa verdadeira, em lugares como Book Expo America. (Vou autografar lá!) Mas adoro que essas bobas são de uma tiragem baixa.

Tão colecionável.

Além disso, eu sabia que esse livro é longo, mas agora que está aqui em sua forma física e 599 páginas, percebi como é um TIJOLÃO:

IMG_2447

Como você pode ver, é um tijolão de 5cm, quase o dobro do próximo da Justine, Razorhurst. Que é o livro mais longo dela até agora.

É claro que estou trapaceando porque na verdade são dois livros (O livro da Darcy e o sobre a Darcy ). Mas ainda assim, eu ganho.

Revelada capa americana de Afterworlds!

28 mar

Amanhã (Sexta) aproximadamente às 2PM EST nos EUA, a capa de Afterworlds será revelada no site da Entertainment Weekly!

ATUALIZAÇÃO: ACONTECEU.
AQUI ESTÁ O LINK
AQUI ESTÁ A CAPA:

afterworlds_450

ESPERO QUE VOCÊ GOSTE. O LIVRO SAI DIA 23 DE SETEMBRO.

________

Eu já tinha visto a capa, é claro, e é bastante incrível! A melhor coisa é que, fica melhor depois que você ler o livro. Tipo, existem significados nesta capa, que estão subentendidos e legal.

A capa aparecerá neste blog logo em seguida. Na verdade, é ser em algumas horas, porque está super cedo aqui na Nova Zelândia. (Eu vi um pássaro kiwi hoje. Eles são hilários.)

Além disso, amanhã, aproximadamente às 5PM EST, farei um “Ask Me Anything” (Me pergunte qualquer coisa) no Reddit, a página inicial da internet. Será com a maioria dos autores representados no Humble Bundle 3 (o qual você ainda pode comprar agora mesmo clicando aqui! Onze livros por $13!) Então será comigo, Holly Black, Dia Reeves, Justine Larbalestier, e muitos mais.

Clique aqui para ir ao AMA. Você terá que se registrar como um Redditor para fazer perguntas (grátis e rápido).

Meu dia amanhã será cheiro, então vou pra cama agora. Aqui está uma foto da janela do meu hotel:

nz

Elfos estão em todos os lugares.

TRAD – Artigo da PW sobre Afterworlds

13 mar

PW1

Este outono, Os fãs das séries Feios e Leviatã terão algo novo para ficarem animados: um romance YA avulso de Scott Westerfeld. Publicado pela Pulso, uma edição da Editora da Simon & Schuster Children, Afterworlds chegará às prateleiras do país em 23 de Setembro de 2014.

A história segue Darcy Patel até a Cidade de Nova York após que ela assinar um contrato de publicação para um romance que ela escreveu para o NaNoWriMo (National Novel Writing Month – Mês Nacional de Escrita de Romances) durante o seu último ano do ensino médio. Conforme ela se acostuma com os charmes e tramas da cidade, Darcy revisa seu manuscrito e aprende a navegar no processo de publicação durante o caminho.

Como você pode imaginar, há muito material dispensável em Afterworlds, ambos por autores aspirantes e veteranos. Referências levemente disfarçadas às pessoas da indústria e lugares abundantes, assim como marcos da publicação, como a sensação de se receber uma carta editorial particularmente de partir do coração. “O livro é sobre esse estranho e maravilhoso espaço que é o ‘boom YA’ dos últimos 10 anos,” Westerfeld conta à PW. “Este mundo que criamos é cheio de todo tipo de personagens hilários – não apenas autores, mas vendedores, bibliotecários, editores, agentes e fãs. Como alguém que está por aí a algum tempo, eu queria fazer uma crônica sobre o quanto tolos e incríveis nós todos somos.”

Além de prover um olhar de dentro da indústria editorial, Afterworlds oferece toda uma segunda história: revesando na alternância de capítulos se encontro o livro em progresso de Darcy, um thriller paranormal sobre uma adolescente chamada Lizzie que sobrevive a um ataque terrorista pensando até entrar em um misterioso “afterworld” (pós-mundo) entre a vida e a morte. Enquanto neste limbo ela embarca em incontáveis aventuras, agindo como guia de almas perdidas e fantasmas mal resolvidos.

“Frequentemente em romances sobre escritores,vemos poucas partes da escrita deles. Maseu pensei no quanto seria legal ver o romance fictício inteiro enquanto está em processo de ser reescrito,” Westerfeld fala de sua inspiração para estruturar Afterworlds desse jeito. “Ir e voltar entre duas narrativas, você vê como os eventos na vida real de Darcy influencia seu romance, e como seu crescimento dá ferramentos para ela fazer seu mundo fictício mais real e profundo.”

Antes e ‘Depois’

Nos meses até a publicação de Afterworlds, Westerfeld, que atualmente mora na Austrália (ele e sua esposa, autora de YA Justine Larbalestier, cujo próximo romance Razorhurst se passa em Sidney de 1932, geralmente passa seis meses na Austrália e seis meses em Nova York), tem o mantido bastante ocupado. Primeiro, tem uma nova sobrinha em Sidney a quem bajular. Além disso, negociações estão em estágio avançado com um canal de televisão americano para adaptar sua série bestseller Feios em uma série de TV. E Westerfeld está perto de terminar um guia de escrita para jovens adultos.

“Eu já tenho aproximadamente 40,000 palavras prontas, então é quase outro trabalho completo em si mesmo. Está sendo muito divertido juntar meus pensamentos sobre o que torna YA diferente e especial, e sobre escrever em geral,” ele disse. “How to Write YA” (Como Escrever YA) será sequenciado em seu blog no começo de Junho, e há planos para torná-lo disponível como e-book.

Tanto quanto os fãs podem esperar pelo lançamento de Afterworlds, editado pelo vice presidente da S&S Children’, e diretor de marketing Lucille Rettino disse que a companhia está planejando um grande apoio de marketing, com anúncios impressos na Entertainment Weekly e People, e um book trailer produzido por um produtor vencedor de prêmio no Sundance Film Festival. Esta primavera, ela disse, a agenda de Westerfeld inclui aparições na conferência anual da ALA e na Comic-Con de San Diego, e então no outono, ele embarcará em uma turnê sincronizada com a publicação de seu romance.