11.08.08 – Behemoth em brochura (EUA) + Mangá Feios

8 ago

Depois de amanhã, 9 de Agosto, Terça-feira, é a data de lançamento de Behemoth em brochura! Então Keith e eu fizemos este pôster para vocês.

(Clique para ver a versão ampliada)

E agora mais notícias empolgantes: O Mangá Feios!

[Scott explica o processo de criação passo-a-passo.]

Para aqueles de vocês que não viram isso em nenhum outro lugar na interwebs, meu OUTRO grande anúncio na Comic Con foi o futuro mangá baseado no Série Feios. Eu disse “baseado” mas tenham certeza de que esta não é simplesmente a mesma história em forma de quadrinhos. Ao invés disso, nós estamos contando o mais da mesma história dos livros, mas é tudo pelo ponto de vista da Shay. (Então quem é nós, você pergunta? Mais disso depois.)

Agora como vocês estudiosos de Feios sabem, Shay ensinou para Tally tudo que sabia. Ela estava envolvida em atividades subversivas antes do livro começar, e era parte dos Crims quando eles eram um grupo de feios liderados por… Zane. (o Feio Zane!)

E lembram como Shay e Zane quase fugiram para a Fumaça juntos, mas eles amarelaram? Bem, essa é a história que contaram a Tally. Mas o que realmente aconteceu na época?

Nesse mangá – de três volumes, aproximadamente 180 páginas cada – nós contaremos tudo!

Okay, nós inclui eu, Devin Grayson, Steven Cummings,e Yishan Li. Isso mesmo, nós somos quatro. Aqui está o que nós fazemos:

Devin está escrevendo o script. Ela escreveu muitos quadrinhos de superherói, incluindo uma tonelada de títulos do Batman, mas eu fui convencido por uma mini-série que ela criou para a Vertigo chamada User,  que é sobre as vidas fantasiosas dos jogadores no mundo real.

Agora você pode estar pensando, “Por que você não escreve, Scott? Você não é, tipo, um escritor e tudo?”

Descanse sossegado, eu esbocei todo livro em detalhes, reescrevi um pouco e aprovei cada palavra. Mas, sério, não sei escrever scripts de quadrinhos! E parte da inteligência é sabe o que você não consegue fazer. Está sendo incrível ver Devin adaptar esta história para outro meio, e entrar na mente de Shay. (Um ótima experiência de aprendizado que talvez use algum dia…)

Steven é o artista da série. Ele desenhou vários títulos de faroeste para a DC e Marvel, e livros de mangá para a Tokypop e Udon. Ele mora no Japão, e trabalhou bravamente apesar dos terremotos, e explosões nucleares. De novo, prestei bastante atenção a tudo, aprovando todos os personagens, roupas, tecnologia e a arquitetura da Fumaça, Nova Perfeição e outras localidades. É claro, Steven levou sua própria interpretação para as expressões e movimentos dos personagens, e ao olhar e a sensação de futuro. Para mim, é tipo dirigir atores que têm seu próprio estilo.

Yishan está fazendo a tonificação e as letras para a série. Em outras palavras, ela sombreia a arte de Steve e adiciona as palavras nos balões. Passos chaves, e uns que nunca tinha pensado muito, antes deste projeto. Mas você verá abaixo como Yishan está sombreando “luzes” à cena.

Deixe-me mostrar a vocês como isto tudo funciona, começando com a página 12 do primeiro mangá.

Nós começamos com o script:

PÁGINA 12, primeiro quadro
ECU (close-up extremo) no anel de interface de Shay enquanto ela gentilmente o coloca numa mesa ao lado da cama.

1 SHAY: Boa noite, quarto idiota

Página 12, quadro dois
Puxa de volta para nossa primeira criação do quarto de dormitório da Shay. É muito pequeno e muito básico, o único elemento decorativo de verdade (IMPORTANTE!) sendo um imenso software-generando fotos de Shay como uma perfeito tomando conta de paredes inteiras, “mais largo que a vida” e impressionante (porém, não todas indenticas – algumas variações de tema; alguma cirurgia plástica esquisita, meia-felina ou o que for, mas todas reconhecivelmente Shay). Scott diz paredes de telas são tecnologia barada neste mundo, então as imagens podem ser animadas, mudando entre frames (embora Shay estivesse acostumada a isso, então não precisa desenhar atenção exagerada a isso, apenas dê o visuais um chute extra futurístico). Mas essas não são apenas projeções, são gigantescos, foto-pôsters digitalizados.
Também há uma cama (ver referência no fim do scrip), a antes mencionada mesa ao lado da cama com algum tipo de luz pós-moderna, talvez uma mesa super utilitária, e sua prancha depositada ao lado da janela apenas grande suficiente para ela rastejar para fora.
Ela acabou de colocar o anel de interface na mesa e está colocando seus braceletes na cama, embora, ao invés de vestir só seu uniforme diário está com sua capa.
NOTA de Scott: precisamos uma sombra (e talvez fonte) específica para balões por causa da fala dos objetos. Pode ser justamente óbvio e cheio de vida.

2 QUARTO/ sem ninguém: Bons sonhos, Shay.
2 SFX (efeito especial):
TOC

Página 12, quadro três
Shay tira a capa e a enfia embaixo dos cobertores…

3 EXPLICAÇÃO/SHAY: Ajusta a capa perto à temperatura do corpo…

Página 12, quadro quatro
…antes de moldá-la para parece mais como uma pessoa sob as cobertas quanto possível.

4 EXPLICAÇÃO/SHAY: …não perfeito…

Página 12, quadro cinco
Shay então pega sua prancha…

5 EXPICAÇÃO/SHAY: …mas nem os sensores são neste dormitório falsificado.

Página 12, quadro seis
…e escala com ela para fora da janela com uma breve olhada sob o ombro.

6 EXPLICAÇÃO/SHAY: Às vezes acho que eles querem que nós escapemos.

FIM DA PÁGINA

Okay, primeiro dei uma olhada no script e adicionei notas ou editei o diálogo. Então Steven lê e me manda um e-mail com alguma pergunta. Uma vez que estiver tudo claro para ele, ele faz um “rascunho do quadrinho” bem cru, que é meio assim:

Neste estágio, eu aprovo coisas tipo móveis e detalhes da página em geral. Eu amo todos os ângulos altos da câmera e tal. Nós já discutimos os quartos de dormitórios feios, que é muito fácil, meio que um acampamento de verão rústico. E é claro, Shay e seu uniforme de dormitório já foram desenhadas algumas vezes e aprovados.

Com minha benção, Steven passa para o estágio do lápis.

Como pode ver, muito mais detalhes apareceram. Eu ainda amo a página, mas fico atento aos livros na prateleira primeiro, porque não há muitos livros físicos na cidade de Tally. Mas Shay teve aulas de escrita, então posso imaginá-la mantendo um diário ou talvez alguns livros fora de moda por perto. Além disso, tecnologias não desapareceram completamente. Ainda há pessoas que escrevem com canetas de tinta, afinal.

Falando em canetas de tinta, o próprio estágio é marcar com tinta!

Eu geralmente não tenho comentários no estágio de tinta, porque tudo já foi aprovado (e é difícil apagar agora, cara!). Mas tudo bem, porque está começando a ficar bem realístico.

Próximo vai para Yishan para tonificar e letrar. E então temos a versão final:

(Clique para ampliar)

Então é basicamente assim que funciona, exceto com mais e-mails entre mim e Steven e Devin (e nosso editor) do que eu disse, mais um monte de trabalho de desenho em roupas e personagens, x 180 páginas por cada livro.

Ai.

Mas estamos à caminho, e o primeiro mangá será lançado pela Del Rey em Maio de 2012. É claro, haverá um monte de pré-visualizações entre agora e então, especialmente depois que eu voltar da turnê de Goliath.

Espero que gostem de como está. Perguntas [em inglês] que tiverem sobre o mangá Feios no campo de comentários, e tentarei respondê-las no próximo post.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: