TRAD – Entrevista com Scott no Indigo Teen Blog

7 ago

Leitura de verão adolescente: Scott Westerfeld
Por: Chandra Rooney @ Indigo Teen Blog

Feios de Scott Westerfeld foi um dos primeiros romances adolescentes utópicos que li, e continua a estabelecer um parâmetro para o que uma ótima utopia faz. Scott Westerfeld escreve livros inteligentes, porque ele é um cara inteligente que acredita os adolescentes são leitores inteligentes (um dos meus favoritos é o primeiro de Nova York dele, Tão ontem, que gira em torno de um caçador de moda e é um olhar acessível sobre o marketing das tendencias).

Oh, e você soube que Feios irá se tornar livro? Falando em notícias que nos deixam felizes. Bem-vindo, Scott!

Scott Westerfeld: Começarei esta entrevista mencionando que Justine Larbalestier e eu ficamos indo e voltando entre Nova York e Sydney a cada seis meses, então tecnicamente temos DOIS verões. Tudo é leitura de verão para nós!

Indigo Teen Blog: Estou completamente invejosa. Quais livros você está ansioso para ler este verão?
SW: Eu acabei de conhecer Stephanie Perkins no Leaky-Con, e ela estava com a corda toda, então quero ler o novo livro dela, Anna e o beijo Francês. Name of the Star da Maureen Johnson é um livro de outono, mas irei ver se consigo uma cópia este verão se puder. E finalmente Slice Of Cherry da Dia Reeves acabou de ser lançado, e todos dizem que é incrível. É um livro bem divertido/obscuro sobre duas filhas de uma famoso serial killer, e como elas ligam com a fama indesejada. Eu gosto de uma leitura sombria às vezes.

ITB: Qual foi sua leitura de verão mais memorável e por quê?
SW: Hmm, esse título volta bem atrás para os livros de vampiro da Anne Rice. Eu estava numa casa de preia bem perto da água no começo dos anos 90, e fiquei preso na cama por três dias com uma terrível dor de garganta, lendo Rice o tempo todo. A dor de garganta combinou muito bem com o tema vampiresco, suponho. Desde então tenho lido muito terror em todos os verões.

ITB: Descreva seu dia de verão ideal?
SW: Gosto de passar o dia inteiro lendo, e então começar a cozinhar no começo da noite, e comer fora até tarde.

ITB: Há alguma comida/lanche de verão que você não viva sem?
SW: Manga e raposas-voadoras [tipo de morcego]. A maioria se aplica à minha vida em Sydney. Nosso apartamento lá é bem embaixo da rota de migração diária das raposas-voadoras, então milhares passam encima de nós nos seus caminhos aoos subúrbios para comer figas (raposas-voadoras são grandes morcegos frutíferos nativos da Austrália, com asas de amplitude de quase um metro. Eles tem caras fofas, assim como seu astuto nome sugere. Eles fazem um som de cacarejo e um cheiro agradavelmente almiscarado quando em grande número).

ITB: Os livros de Leviathan fizeram um trabalho excelente em balancear o terror e a tensão da guerra com ambos aventura e celebração ao progresso científico. É um balanceamento difícil de se manter?
SW: Estou feliz que a maior parte das pessoas parece pensar que não estou glorificando a guerra na série. Nós, escritores, estamos sempre enfrentando esse tipo de assunto, seja quando nossos livros falam sobre divórcio, ou drogas, doenças fatais ou batalhas. Estamos procurando conflito, afinal, e coisas terríveis geram mais enredo que coisas agradáveis.
Você fez uma ótima observação, porém, que muita tecnologia surgiu da guerra. E não apenas aviões e foguetes e coisas dramáticas como essas, mas muito avance médico também (graças a todos os horríveis machucados). E realmente, Leviathan é sobre uma competição entre duas tecnologias, as máquinas dos Clankers [de Clank, biólogo] contras as bestas dos Darwinistas [de Darwin, biólogo]. O que tentei fazer foi mostrar estes dois modos distintos de ver o mundo. E tendo meu modo romântico surgindo desses dois lados de conflito, felizmente estou mostrando como podemos fazer essas duas correntes de pensamento trabalharem juntas, e talvez até se amarem.

ITB: O que você mais gosta quando está criando seus mundos: imaginar o futuro ou re-imaginar o passado?
SW: De uma maneira divertido, imaginar o futuro é mais fácil porque são menos livros para ler. Estou mudando grandes coisas do passado, então me sinto compelido a não errar pequenas coisas, tipo, “Eles tinham zippers em 1914?” O passado é traiçoeiro porque têm muito mais coisas que posso entender errado. Mas vale a pena. Enquanto pesquisava o mundo de 1914 para Leviathan, descobri muita coisa legal que nunca teria pensado por mim mesmo. Por exemplo, os pais de Alek eram de classe sociais diferentes, então ele não poderia herdar os títulos do pai. Isso vem da história, mas se transformou em um assunto de maior importância no enredo de Leviathan. O passado talvez seja mais difícil, mas vale a pena ter essa extra camada de material aos meus.

ITB: Além da prequel em potencial do universo de Leviathan, pode discutir onde (e quando) você irá levar seus leitores em seguida?
SW: Bem, haverá um quarto livro na trilogia de Leviathan, mas não se preocupem, fanáticos, não é um romance! The Manual of Aeronautics [O Manual dos Aeronauticos], e é um guia em formato grande do mundo de Leviathan, tipo o Spiderwick Field Guide [Guia de Campo do Spiderwick]. Tem as plantas do convés, atalhos e foto dos uniformes, equipamentos e muitas bestas. É basicamente o livro técnico ao qual Deryn se refere durante o decorrer da série trazido à vida em clores gloriosas. Será lançado em Agosto, então estou escrevendo o texto dele agora, e Keith está fazendo bilhões de peças de arte.

ITB: Há também o recentemente anunciado e totalmente borbulhante mangá de Feios que será lançado pela Del Rey [Editora] em Maio de 2012. O mangá irá contar os eventos de Feios pelo ponto de vista de Shay.

Obrigada ao Scott por tirar um tempo para responder nossas perguntas e Simon & Schuster Canadá por arranjar esta entrevista.

Fonte: Indigo Teen Blog

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: